É possível vender uma empresa?

Fevereiro 8, 2019 Negócios Digitais 0 Comments

Há diversos motivos que levam um empresário a vender sua empresa, independentemente de ser uma microempresa, uma sociedade limitada ou anônima.

Muitos tomam essa decisão por causa de saídas de sócios, por quererem mudanças na sua área de negócio, razões emocionais, por estarem se aposentando ou até mesmo por falta de capital para realizar investimentos precisos na manutenção do negócio.

As atividades empresariais podem ser descontinuadas a qualquer hora. No decorrer do tempo, o dono da empresa pode concluir que precisa se dissociar da sociedade e negociar uma parcela ou toda a sua participação no negócio.

Todo empresário que decide por seu empreendimento a venda abre mão de uma conquista, assim como muitos desapontamentos por causa dos problemas que surgiram no decorrer de sua gestão.

Como colocar a empresa a venda?

A primeira etapa para quem deseja vender uma empresa é estabelecer o quanto o negócio vale, por isso, descubra em quanto vale minha empresa para começar essa nova tarefa.

Depois de uma avaliação, o valor será definido de acordo com os parâmetros de mercado e técnicos. Quando você diz quero vender minha empresa é feito um trabalho em conjunto com consultores na análise do empreendimento em evidência.

Quanto custa a minha empresa?

Antes de mais nada, para essa análise o empresário deve avisar ao avaliador dados fazendários administrativos e contábeis. Esses dados fazendários servirão como base para que se tenha uma noção na construção da avaliação.

No entanto, é preciso lembrar que procedimento é alterável e pode variar de acordo com o avaliador.

É preciso ficar atento também a elementos externos e internos. No caso dos elementos internos a táticas, tecnologias aplicadas, alvos e qualidade do produto. Já nos elementos externos as razões no que diz respeito a economia e política. Da mesma forma, é necessário ficar atento a fatores de qualidade e de quantidade.

Depois de obter um resultado líquido efetivo, em um empreendimento em certo momento e evidenciar um percentual de retorno do dinheiro aplicado em um período razoável, é preciso também verificar outros antecedentes essenciais para a avaliação do negócio em foco, como margens reais e seus resultados, gastos incertos e constantes, capital de giro, entre outros.    

Empresa legalizada e com preço estabelecido.

Há essa altura é fundamental que o empresário já tenha solucionado os problemas entre os associados presentes, para que exista um acordo para a negociação. Da mesma forma, é necessário que o processo contábil e administrativo da empresa esteja atualizado, como também zerando a informalidade.

Também é preciso estabelecer transparência e comprometimento institucional nos agentes.

Conheça o histórico do comprador

Quando um dos adquirentes não é um dos associados da empresa, é importante realizar uma avaliação do histórico do adquirente para impedir que aborrecimentos futuros ocorram. Para isso, realize uma busca no serviço de proteção ao crédito, como também na receita federal.

É preciso ter em mente que o novo adquirente vai assumir responsabilidades que antes eram chefiadas pelo antigo dono. Por esta razão, é importante ter certeza que o novo comprador vai cumprir com todos os compromissos e ônus adquiridos.

Sabendo agora de que é possível vender uma empresa, a ‘quanto vale minha empresa’ pode ajudar na avaliação e comercialização de sua empresa.